Arquivos do Blog

PRF divulga resultado final de concurso para 216 vagas

logo_prf_brasao2

Seleção chegou a ser suspensa após problemas na aplicação do exame.
Vagas são para agente administrativo; salário é de R$ 2 mil.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou o resultado final do concurso para 216 vagas de agente administrativo – nível médio (Veja o resultado abaixo).

Também foram divulgados o resultado final da investigação social e da perícia médica dos candidatos que se declararam com deficiência.

Os resultados foram separados por região e forma divulgados na seguinte ordem: cargo, vaga, número de inscrição e nome do candidato em ordem alfabética.

As respostas aos recursos interpostos contra o resultado provisório na perícia médica dos candidatos que se declararam com deficiência e do resultado provisório da investigação social estarão à disposição dos candidatos a partir da data de publicação do resultado final, no site http://www.funcab.org.

Concurso
Foram 216 vagas para agente administrativo (nível médio), com salário de R$ 2.043,17. Do total das oportunidades, 5% são reservadas para pessoas com deficiência. Ao todo, 259.136 candidatos se inscreveram, concorrência média de 1.199 pessoas por vaga.

O concurso chegou a ser suspenso após problemas durante a aplicação das provas objetivas, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul,quando 415 candidatos de um dos blocos do colégio Dom Bosco, em Campo Grande, não receberam os cadernos de provas na data de aplicação, dia 25 de maio.

A Funcab prestarou esclarecimentos ao Ministério Público Federal de Campo Grande e ao Departamento da Polícia Rodoviária Federal (PRF) sobre a aplicação da prova, firmou um termo de ajustamento de conduta (TAC) e o exame foi reaplicado, somente para os candidatos prejudicados, em 22 de junho.

A jornada de trabalho é de 40 horas semanais. As oportunidades são para Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Bahia, Pernambuco, Espírito Santo, Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí, Maranhão, Pará, Sergipe, Distrito Federal, Tocantins, Amazonas, Amapá e Roraima.

A validade do concurso será de 2 anos, podendo ser prorrogado uma vez pelo mesmo período.

Com informações do G1.

Polícia Federal divulga resultado final de concurso para 566 vagas

brasaopf

Oportunidades foram de nível médio e superior. 
Concorrência chegou a 573,31 candidatos por vaga.

A Polícia Federal divulgou nesta terça-feira (3/6) o resultado final e o resultado final da perícia médica do concurso para 566 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de nível médio e superior.

>> Veja o resultado final no site do Cespe/UnB <<

O resultado final foi divulgado na seguinte ordem: cargo/localidade de vaga, número de inscrição, nome do candidato em ordem de classificação, nota final e classificação final no concurso público. Os resultados foram separados por cargo.

>> Aproveite e faça AGORA o melhor curso preparatório para o concurso da PF pela internet. <<
pf-agentecomprar-agora

As respostas aos recursos interpostos contra o resultado provisório na perícia médica dos candidatos que se declararam com deficiência estarão à disposição dos candidatos a partir da data de publicação deste edital, no endereço eletrônicowww.cespe.unb.br/concursos/dpf_13_administrativo.

Os cargos de nível superior foram para administrador, arquivista, assistente social, contador, engenheiro (diversas áreas) e psicólogo. Os salários chegam a R$ 5.081,18.

Já para nível médio, as oportunidades foram para agente administrativo, com salário de R$ 3.316,77.

O concurso registrou 324.497 candidatos inscritos. A média geral foi de 573,31 candidatos por vaga. As vagas de agente administrativo (nível médio) registraram o maior número de inscritos, com 318.832 candidatos. Somente para o Distrito Federal são 66.466 candidatos. Já no Rio de Janeiro foram 32.185 inscritos.

As 32 vagas de nível superior são para o Distrito Federal. As 534 vagas de nível médio são para todas as unidades da Federação – 274 são para o Distrito Federal.

A seleção foi realizada em etapa única: provas objetivas para todos os cargos, prova discursiva para cargos de nível superior.

Com informações do G1.

PRF suspende concurso após problemas na aplicação de provas

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou que as próximas etapas do concurso público com 216 vagas para agente administrativo estão suspensas. A informação foi publicada na página oficial da corporação no Facebook.

A banca organizadora do certame, a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab), protocolou junto à PRF documentação sobre o incidente ocorrido na aplicação das provas em Campo Grande/MS. O órgão e o Ministério da Justiça vão analisar o caso. Enquanto isso as demais etapas permanecem suspensas.

No site da Funcab, a divulgação do gabarito preliminar, que estava programada para ontem (27/5), não se realizou por solicitação da Comissão Nacional do Concurso para Agente Administrativo PRF-2014.

Cerca de 415 candidatos, que realizariam os exames no colégio Dom Bosco, não receberam os cadernos de provas. Segundo nota, a PRF compareceu ao local para acompanhar de perto a situação e pediu à banca organizadora que relatasse oficialmente o ocorrido.

A Funcab, por sua vez, alegou que a aplicação das avaliações ocorreu com sucesso. Apesar disso, reconheceu que houve atraso no início das provas, mas que isso não coloca em risco o andamento do certame.

O concurso
São 216 vagas para o cargo de agente administrativo. Ao todo, 259.136 candidatos se inscreveram – concorrência média de 1.199 pessoas por chance. O vencimento básico do posto de agente administrativo é de R$ 2.043,17, mas pode chegar a R$ 3.945,17 dependendo da avaliação de desempenho. A jornada de trabalho é de 40h semanais. A seleção ainda será composta por investigação social.

Com informações do CorreioWeb.

DPU 2014: Centenas de vagas. Remuneração inicial de R$ 3.191,02 para nível médio

dpu

Interessados com nível médio e superior devem otimizar os estudos para participar do concurso da Defensoria Pública da União (DPU), que está prestes a escolher a organizadora. De acordo com a Assessoria de Imprensa, o certame irá prover o cadastro de reserva das 61 unidades da DPU distribuídas pelo país, já que a partir de junho, quando termina a validade da seleção de 2010, o órgão ficará desprovido de pessoal para substituir servidores em caso de necessidade.

Portanto, a expectativa é que o documento possa ser publicado no início do segundo semestre. Ainda de acordo com o setor, a Secretaria de Assuntos Jurídicos do órgão está analisando as sete instituições interessadas em fazer o concurso, para definir a organizadora. Em 2010, o Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) aplicou provas em todas as capitais. Apesar de não haver previsão para a abertura da seleção nem se haverá vagas imediatas em algumas unidades, como as do Rio de Janeiro, que atendem no Centro e em Niterói, São João de Meriti e Volta Redonda, sabe-se que a validade do certame será de dois anos, podendo dobrar. Nesse caso, no prazo de quatro anos, muitas oportunidades poderão surgir devido às vacâncias e aposentadorias.

Ganhos
Segundo a Defensoria Pública da União, serão contemplados os cargos de Agente Administrativo, que exige o ensino médio e proporciona ganhos de R$3.191,02; o de analista técnico administrativo, para graduados em qualquer área; e as funções de arquivista, assistente social, bibliotecário, contador, economista, psicólogo, sociólogo, técnico em assuntos educacionais e técnico em comunicação social (Jornalismo, Relações Públicas, Publicidade e Propaganda), ambos com ganhos acima de R$4.620,82.

Com informações da Folha Dirigida.

PRF 2014: Últimos dias para inscrição para 216 vagas de Agente Administrativo (nível médio). Remuneração inicial de R$3.937,77.

logo_prf_brasao2

Os interessados em participar do concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para 216 vagas (16 reservadas a pessoas com deficiência) de Agente Administrativo, cargo de nível médio, com remuneração inicial de R$3.937,77, têm somente até o dia 30 deste mês para se inscrever, no site da organizadora, a Funcab. A taxa de inscrição é de R$60 e poderá ser paga até o dia 9 do próximo mês (há possibilidade de isenção). Para ingressar no cargo, é necessário possuir o ensino médio completo. As provas objetivas estão previstas para o dia 25 de maio, em todas as capitais.

A carga de trabalho dos agentes administrativos da PRF é de 40 horas semanais, e a remuneração oferecida, que já inclui o auxílio-alimentação, de R$373, pode chegar a R$4.318,17 (também com o auxílio), em função de acréscimo na gratificação de desempenho, dependendo da avaliação do servidor. As vagas do concurso estão distribuídas por todos os estados, além do Distrito Federal. São oferecidas 31 vagas (cinco para deficientes) para trabalhar na Região Sudeste, sendo 17 para Minas Gerais (três reservadas a deficientes). É possível se inscrever para as vagas de qualquer localidade e realizar as provas na capital que preferir.

>> Faça AGORA o melhor CURSO PREPARATÓRIO para a PRF 2014. <<

prf-agente2

comprar-agora

Além da avaliação escrita, haverá investigação social, para a qual serão chamados aqueles que obtiverem pelo menos 27 dos 90 pontos das objetivas (30%) e se classificarem, na localidade pretendida, dentro do limite previsto no edital. O resultado final do concurso está previsto para 30 de junho, com as nomeações podendo ocorrer ainda este ano. Serão aprovados para a Região Sudeste 78 candidatos a mais do que o número de vagas (109 no total), que poderão ser nomeados ao longo de validade do concurso, desde que haja autorização do governo. Em todo o país, serão 536 aprovados a mais (752 no total).

PROVA OBJETIVA: Prevista para o dia 25 de maio, no turno da tarde, terá caráter eliminatório e classificatório e será constituída de questões de múltipla escolha. Será composta das seguintes disciplinas: Língua Portuguesa, Ética e Conduta Pública, Raciocínio Lógico, Nocões de Direito Constitucional e Administrativo, Noções de Arquivologia e Informática e Legislação Relativa à PRF.  As informações sobre os locais e os horários de aplicação da Prova Objetiva serão disponibilizadas no site da Funcab com antecedência mínima de cinco dias da data de realização. Os aprovados na Prova Objetiva serão submetidos ainda à Investigação Social, etapa de caráter eliminatório.

Serviço do concurso
Para acessar a página do concurso clique aqui.
Curso Preparatório: Clique AQUI .

Com informações da Folha Dirigida e Funcab.

PRF 2014: Edital na próxima semana para 216 vagas de Agente Administrativo (nível médio). Remuneração inicial de R$3.689,77.

logo_prf_brasao2

Chegou ao fim a expectativa pela definição da organizadora do concurso para 216 vagas de Agente Administrativo da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Nesta sexta-feira, dia 4/4, foi publicado no Diário Oficial da União o extrato de dispensa de licitação, que aponta a escolha da Funcab como organizadora do processo seletivo. No fim da tarde, a PRF anunciou, por meio de seu perfil em uma rede social, que o edital será divulgado até a próxima terça, dia 8, com as provas sendo aplicadas em 45 dias (provavelmente, em 25 de maio). Ainda segundo o órgão, o concurso será homologado até 30 de junho, possibilitando a nomeação dos aprovados ainda este ano, conforme a legislação eleitoral. A seleção será voltada para aqueles que possuem o ensino médio completo. A remuneração inicial do cargo de agente administrativo é de R$3.689,77, incluindo o auxílio-alimentação, de R$373.

Além disso, as contratações são pelo regime estatutário, que dá direito à estabilidade. A carga de trabalho é de 40 horas semanais. Como já informou a chefe da comissão do concurso, Geovana Alves, as vagas da seleção deverão ser distribuídas pela maioria das unidades da federação. A seleção será composta por provas objetivas e investigação social e/ou funcional. A intenção da PRF é aplicar as provas em todas as capitais. No primeiro concurso realizado para a área de apoio da PRF, em 2012, as provas de agente administrativo versaram sobre Língua Portuguesa, Ética e Conduta Pública, Legislação Relativa à PRF, Noções de Informática, de Matemática, de Direito Constitucional, de Direito Administrativo e de Estatística. Já foi informado, porém, que o programa do cargo deverá sofrer algumas alterações. Não foi antecipado se haverá inclusão ou exclusão de disciplinas.

>> Faça AGORA o melhor curso preparatório pela internet. <<

logo

Pelo tempo restante, era pouco provável que a PRF conseguisse homologar o concurso até 5 de julho (daqui a três meses), para que os aprovados possam ser nomeados ainda este ano, como determina a legislação eleitoral, tendo em vista a necessidade de observar um intervalo mínimo de 60 dias entre a divulgação do edital e a aplicação das provas. Porém, conforme o que foi anunciado nesta sexta, o órgão conseguiu reduzir esse intervalo mínimo para 45 dias. Em 2012, a Polícia Federal (PF) também conseguiu a redução do prazo no concurso para o cargo de agente, tendo sindo necessária a autorização do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. A seleção da PRF visa à substituição de terceirizados irregulares, que, segundo o chefe de Recursos Humanos do departamento, inspetor Adriano Furtado, permanecem no departamento por força de um aditivo ao acordo entre a União e o Ministério Público do Trabalho.

Com sede em Niterói, a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab) trabalha na promoção de cursos, concursos, seminários, palestras, eventos esportivos, culturais, artísticos e de entretenimento, bem como na elaboração de material técnico-pedagógico. O anúncio da escolha desta organizadora pegou de surpresa muitos dos interessados em participar da próxima seleção da PRF. A expectativa era que fosse contratado o Cespe/UnB, que realizou o concurso anterior para a área administrativa do departamento e está à frente da seleção em andamento para policial rodoviário federal. Atualmente, a Funcab realiza os concursos da Câmara Municipal de Vitória (ES), da Polícia Civil de Rondônia, e da prefeitura de Boa Vista (RR). De seu histórico, consta a realização de certames das polícias militares do Espírito Santo e do Ceará, além de soldados dos Bombeiros de Mato Grosso, entre outros.

Com informações da Folha Dirigida.

PRF 2014: Edital para Agente Administrativo (nível médio) nas próximas semanas. Remuneração inicial de R$ 3.689,77.

logo_prf_brasao2

Após o recesso de Carnaval, é grande a expectativa pelo andamento do processo de contratação da organizadora do concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para 216 vagas de agente administrativo (nível médio). Atualmente, o procedimento encontra-se com a Consultoria Jurídica do Ministério da Justiça, e a expectativa é que nos próximos dias já haja uma definição da instituição que ficará à frente da seleção. A previsão do departamento é de que o edital de abertura do concurso seja divulgado este mês e as provas aplicadas em maio. O objetivo é homologar o concurso em junho, antes, portanto, do período eleitoral, que começa em 5 julho, para que os aprovados possam ser nomeados ainda este ano.

O cargo de agente administrativo da PRF é voltado para quem possui o ensino médio completo. A remuneração é de R$3.689,77, já computados os R$373 referentes ao auxílio-alimentação. Além disso, as contratações são feitas pelo regime estatutário, que dá direito à estabilidade. A carga de trabalho é de 40 horas semanais.

>> Faça AGORA o melhor cursos preparatório pela internet. <<

banner-prf2014

comprar-agora

A definição da organizadora do concurso é aguardada com ansiedade por muitos dos que estão se preparando para participar da seleção, tendo em vista que ela é fundamental para direcionar melhor os estudos. Especialistas, e até mesmo parte dos futuros candidatos, apostam na contratação do Cespe/UnB, que organizou o único concurso já realizado para a área administrativa da PRF, em 2012. Nos últimos anos, o organizador de Brasília tem sido responsável por todos os concursos no âmbito do Ministério da Justiça.

Na seleção de 2012, foram cobrados conhecimentos de Língua Portuguesa, Ética e Conduta Pública, Legislação Relativa à PRF, Noções de Informática, de Matemática, de Direito Constitucional, de Direito Administrativo e de Estatística. A seleção foi composta por provas objetivas e investigação social e/ou funcional, etapas que serão mantidas para o novo concurso. O coordenador-geral de Recursos Humanos do departamento, inspetor Adriano Furtado, já afirmou inclusive que o objetivo é aplicar as provas em todas as capitais do país.

Vagas – A distribuição das vagas do concurso ainda será definida com base no levantamento que está sendo realizado sobre a demanda de pessoal nos estados e também no resultado do concurso de remoção interna dos atuais servidores do departamento, que será promovido.

De acordo com a chefe substituta da Divisão de Concursos da PRF, Tatiana Campos, a oferta deverá ser proporcional à demanda de cada estado. Isso reforça o hipótese de mais vagas para o Rio de Janeiro, que, segundo representantes das categorias administrativa e policial, é o estado que conta com a maior parcela de servidores administrativos (mais de 100 de um total de cerca de 550) e ainda sofre com a possibilidade de muitas aposentadorias. Na seleção de 2012, as vagas (67 de agente administrativo e quatro para cargos de nível superior) foram todas para Brasília. Para agente administrativo, houve 18.059 inscritos (269,54 por vaga).

Com informações da Folha Dirigida.

MAPA 2014: Ampliado prazo de inscrições para concurso com 796 vagas. Remuneração inicial a partir de R$ 3.191,02.

Mapa

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou uma retificação do edital ampliando as inscrições do concurso que visa ao preenchimento de 796 vagas em diversos cargos dos níveis fundamental, médio, médio/técnico e superior. O prazo, que terminaria no próximo dia 6, agora vai até dia 13, com a taxa podendo ser paga até o dia 14. A retificação também altera o requisito do cargo de zootecnista, da carreira de fiscal agropecuário – agora, além de graduados em Zootecnia, a participação foi aberta a formados em Medicina Veterinária e Engenharia Agronônica -, além da atribuição da função de geógrafo, entre outros pontos do edital.

Os interessados em participar do concurso devem se inscrever pelo site da Consulplan, organizadora da seleção. A taxa é de R$38,50 (nível fundamental), R$50 (médio e médio/técnico) ou R$71 (superior). Quem desejar poderá inscrever-se para mais de um cargo, desde que não haja coincidência no horário das provas. A Consuplan, organizadora, também divulgou em seu site a lista dos pedidos de isenção de taxa deferidos e indeferidos. Foram beneficiados com o benefício mais de 21 mil candidatos. Das 232 vagas de fiscal agropecuário, 80 são para graduados em Engenharia Agronômica, 13 para Farmácia, 22 para Química, 110 para Veterinária e sete para Zootecnia. Os rendimentos são de R$12.912,38.

>> Faça AGORA o melhor CURSO PREPARATÓRIO para o concurso do MAPA 2014. <<

concurso-mapa

comprar-agora

No nível fundamental há 70 vagas de auxiliar de laboratório (R$4.102,44). No médio, existem 110 oportunidades para agente administrativo (R$3.191,02) e 100 para agente de inspeção sanitária (R$6.223,79). Exigindo médio/técnico (áreas específicas), há os cargos de agentes de atividades agropecuárias (50) e técnico de laboratório (184), ambos com rendimentos de R$6.223,79, e técnico de Contabilidade (5), com ganhos de R$3.191,02. Os graduados poderão concorrer às vagas de administrador (25),  bibliotecário (2), contador (6), economista (4), engenheiro (3), geógrafo (3) e psicólogo (2). Os rendimentos vão de R$4.935,72 a R$5.707,90.

Aplicação da provas
Os exames estão marcados para 4 de maio. Os concorrentes às funções de agente de inspeção sanitária e industrial de produtos de origem animal, técnico de laboratório e técnico de contabilidade farão as provas das 8h30 às 12h30. Os candidatos às carreiras  com outros níveis de escolaridade serão avaliados das 14h30 às 18h30. Quem se candidatar aos cargos com lotação no Laboratório Nacional Agropecuário passará ainda por uma avaliação de títulos. A documentação comprobatória deverá ser entregue no dia das provas. O concurso tem prazo de validade de um ano, prorrogável por igual período.

Com informações da Consulplan e Folha Dirigida.

PRF 2014: Agente Administrativo (nível médio). Remuneração inicial de R$ 3.689,77.

logo_prf_brasao2

O edital do concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para 216 vagas de Agente Administrativo está previsto para ser divulgado em março e as provas para serem aplicadas em maio, segundo a chefe substituta da Divisão de Concursos do departamento, Tatiana Campos. O prazo para a publicação do edital vai até o dia 30 de junho, mas devido à intenção de órgão de nomear os aprovados ainda este ano, os preparativos da seleção estão sendo conduzidos de forma que o resultado final possa ser homologado até junho. De acordo com a legislação eleitoral, para que as nomeações possam ser feitas ainda este ano, a homologação deve ocorrer até 5 de julho.

>> Faça AGORA o melhor curso preparatório para o concurso da PRF 2014. <<

prf-agente

comprar-agoraA seleção será uma grande oportunidade para aqueles que possuem ou estão próximos de concluir o ensino médio e desejam ingressar no serviço público. Além de compor o quadro de um importante órgão de segurança pública em âmbito federal o cargo de agente administrativo da PRF proporciona estabilidade e remuneração inicial de R$3.689,77 (incluindo o auxílio-alimentação, de R$373).

No momento, a comissão responsável pelo concurso trabalha para definir a organizadora da seleção. Já foram enviadas propostas a algumas instituições que prestam esse serviço e as respostas são aguardadas para os próximos dias. O edital de abertura só poderá ser divulgado após a contratação da organizadora. E embora o coordenador-geral de Recursos Humanos da PRF, inspetor Adriano Furtado, tenha informado anteriormente que o envio de propostas a organizadoras só se daria após a conclusão do levantamento das demandas de pessoal administrativo e do subsequente concurso de remoção, esses dois procedimentos ainda serão finalizados.

Sobre a distribuição das vagas, que dependerá dos resultados do levantamento e da remoção, Tatiana Campos afirmou que a oferta deverá ser proporcional à demanda de cada estado. Essa afirmação reforça a hipótese de destinação de muitas vagas para o Rio de Janeiro, que conta com a maior parcela dos cerca de 550 integrantes da carreira administrativa do departamento: são mais de 100 no estado, segundo a presidente da Associação Nacional dos Servidores de Apoio Logístico da Polícia Rodoviária Federal (Ansal), Rejane Maria da Rosa. E de acordo com o presidente do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais do Rio de Janeiro (SinPRF-RJ), Marcelo Novaes, a maioria deles já possui os requisitos para se aposentar.

Outra informação antecipada foi a de que serão mantidas as etapas da seleção de 2012, a primeira para a área de apoio do órgão. Sendo assim, o concurso será composto por provas objetivas e investigação social e/ou funcional. O inspetor Adriano Furtado já havia afirmado que o objetivo é aplicar as provas do concurso em todas as capitais do país.

A chefe substituta da Divisão de Concursos, Tatiana Campos, disse ainda que o programa irá sofrer algumas alterações, mas não pôde informar quais. Em 2012, a prova de agente administrativo versou sobre Língua Portuguesa, Ética e Conduta Pública, Legislação Relativa à PRF e Noções de Informática, de Matemática, de Direito Constitucional, de Direito Administrativo e de Estatística. A seleção teve 19.849 inscritos, sendo 18.059 para agente administrativo (relação de 269,54 candidatos por vaga para o cargo).

Com informações da Folha Dirigida.

PRF 2014: Agente Administrativo (nível médio). Remuneração inicial de R$ 3.689,77. Prepare-se AGORA!

logo_prf_brasao2

Autorizado no fim do ano passado, o concurso para a área administrativa da Polícia Rodoviária Federal (PRF) é uma das grandes oportunidades para o ingresso no serviço público federal em 2014. A seleção será destinada ao preenchimento de 216 vagas para o cargo de Agente Administrativo, que requer o médio completo e proporciona rendimentos de R$3.689,77 (incluindo auxílio-alimentação, de R$373). Por conta da escolaridade da carreira, a expectativa é que milhares de pessoas participem da seleção. Por isso, especialistas recomendam aos interessados que já iniciem a preparação.

banner-prf2014comprar-agora

Os agentes executam atividades administrativas, relativas às competências legais da Polícia Rodoviária Federal, prestando serviço de apoio técnico administrativo à área finalística da instituição. A carga de trabalho semanal é de 40 horas. A Portaria nº557, do Ministério do Planejamento, autorizou a realização do concurso em 30 de dezembro e deu prazo de seis meses, a partir dessa data, para a divulgação do edital da seleção. Contudo, bem antes de 30 de junho a PRF deve iniciar a seleção. Embora ainda não tenha passado detalhes dos preparativos do concurso, a PRF deverá agir com celeridade, pois os novos servidores irão substituir terceirizados que já deixaram a corporação e somente os aprovados em concursos homologados antes do início do período eleitoral, isto é, antes de 5 de julho, poderão ser empossados ainda este ano. Por isso, a seleção deverá ser realizada o quanto antes.

No concurso de 2012, o último para a carreira, cujo prazo de validade, de seis meses, prorrogável por igual período, foi extinto em 21 de dezembro de 2013, todas as 260 vagas foram para Brasília. Em virtude disso, espera-se que desta vez as oportunidades contemplem vários estados. A PRF ainda não comentou a questão. A corporação também não esclareceu quando terá o início o processo de escolha da organizadora. Em 2012, o Cespe/UnB, que também promove a atual seleção para policial rodoviário federal, foi o organizador e já se especula-se a possibilidade de a instituição ser mantida à frente do processo seletivo.

Inclusive, a expectativa é que a nova seleção siga o mesmo molde da anterior, em que os candidatos foram avaliados por meios de provas objetivas e investigação social e/ou funcional. O exame de múltipla escolha teve 120 questões, sendo 50 de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Ética e Conduta Pública, e Legislação Relativa à PRF, de Noções de Informática e Noções de Matemática) e 70 de Conhecimentos Específicos. A aprovação esteve condicionada à obtenção de, pelo menos, dez pontos na parte básica, 21 na específica e 36 no conjunto das provas.

Com informações da Folha Dirigida.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 20.747 outros seguidores