BB Tecnologia e Serviços (Cobra Tecnologia): Edital para Técnico e Analista. Remuneração inicial de R$3.581.

bb

Saiu o edital do novo concurso do BB Tecnologia e Serviços (Cobra Tecnologia), empresa do Banco do Brasil; Há oferta de vagas e formação de cadastro em cargos dos níveis médio e superior – técnico e analista. As oportunidades estão distribuídas por Rio de Janeiro, Distrito Federal, Belém, Goiânia e Sâo Paulo (capital e interior). As inscrições serão recebidas a partir das 10h desta terça, dia 15 de abril, com atendimento até 12 de maio, no site do Instituto Quadrix, organizador da seleção. Os vencimentos iniciais chegam a R$3.581. As provas estão marcadas para 1º de junho.

Com informações da Folha Dirigida.

Mais de 140 concursos com inscrições abertas têm 22,6 mil vagas

banner-conc2

Salários chegam a R$ 23,9 mil no TRF do Rio Grande do Sul.
Há cargos para todos os níveis de escolaridade.

Pelo menos 145 concursos públicos no país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (14/4) e reúnem 22.593 vagas para cargos em todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 23,9 mil no Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, no Rio Grande do Sul.

>> Clique AQUI e veja a lista completa com Editais e links para inscrições. <<

Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.

Os órgãos que abrem inscrições para 655 vagas são: Câmara Municipal de Praia Grande (SP), Prefeitura de Aguaí (SP), Prefeitura de André da Rocha (RS), Prefeitura de Balneário Camboriú (SC), Prefeitura de Iguape (SP), Prefeitura de Mogi das Cruzes (SP), Prefeitura de Ouro Branco (MG) e Universidade Federal do Ceará (UFC).

SEFAZ-RS 2014: Concurso para Técnico Tributário da Receita Estadual. Remuneração inicial de R$ 8.324,95.

A Secretaria de Fazenda do Rio Grande do Sul (Sefaz-RS) abriu concurso para 100 vagas de técnico tributário da Receita Estadual. Do total de oportunidades, 10 são para candidatos com deficiência e 16 para negros ou pardos. A remuneração é de R$8.324,95, composta pelo vencimento básico de R$4.620 e prêmio de produtividade e eficiência de R$3.704,95 (valor variável, correspondente a março/2014). Para concorrer, é preciso ter formação superior completa em qualquer área. A carga de trabalho será de 40 horas semanais, podendo haver regime de escala.

>> Faça AGORA o melhor curso preparatório da internet. >>

comprar-agora

As inscrições já estão abertas e podem ser efetuadas até as 23h59 do dia 8 de maio, no site da Fundatec, organizadora. Aqueles que não possuem acesso à internet podem recorrer aos computadores disponibilizados pela organizadora, em sua sede (Rua Professor Cristiano Fischer, 2012, Bairro Partenon, Porto Alegre/RS), das 9h às 17h. A taxa de inscrição é de R$145,22. Podem requerer isenção candidatos com deficiência ou desempregados ou para os que recebam até um salário mínimo e meio. Os pedidos são aceitos até 25 de abril, mediante entrega ou envio por Sedex da documentação pedida, à Fundatec.

As provas objetivas serão aplicadas dia 20 de julho, com os locais disponíveis a partir do dia 4 do mesmo mês. As avaliações serão divididas em dois blocos: no turno da manhã será o bloco 1, com 80 questões de Português, Matemática, Raciocínio Lógico e Tecnologia da Informação; no período da tarde será o bloco 2 com 80 questões de direitos Constitucional e Penal, Administrativo e Tributário, e Legislação Tributária Estadual. O concurso será válido por um ano, podendo ser prorrogado por mais um. A classificação final será divulgada em 9 de setembro.

Com informações da Folha Dirigida.

 

SUSEPE-RS 2014: Último dia para inscrições no concurso. Agente Penitenciário (nível superior). Remuneração básica inicial de R$3.190,89

susepe-rs

Estão abertas somente até esta quinta-feira, dia 10/4, as inscrições no concurso para Agente Penitenciário da Superintendência dos Serviços Penitenciários do Estado do Rio Grande do Sul (Susepe-RS). São oferecidas 602 vagas para quem possui formação de nível superior em qualquer área e carteira de habilitação na categoria B, no mínimo. O salário é R$3.190,89, para carga de trabalho de 40 horas semanais. A contratação será pelo regime estatutário, que garante estabilidade empregatícia, e a lotação poderá ser em uma das delegacias penitenciárias regionais.

>> Faça AGORA o melhor curso preparatório para a carreira de AGENTE PENITENCIÁRIO da SUSEPE-RS. <<

susepe

comprar-agora

Do total de vagas, 61 são reservagas a candidatos com deficiência física e 97 para negros ou pardos. A inscrição deve ser realizada até as 23h59 no site da Fundatec, organizadora, ou em um dos computadores disponibilizados pela empresa, em sua sede (Rua Professor Cristiano Fischer, 2.012, Bairro Partenon, Porto Alegre, RS), das 9h às 17h. A taxa é R$145,21. A prova será composta por 80 questões objetivas das disciplinas de Língua Portuguesa, Informática, Raciocínio Lógico, Legislação Aplicada e Conhecimentos Gerais. Os candidatos terão cinco horas para realizar o exame, que será aplicado dia 1º de junho. A seleção será ainda composta por teste de capacidade física, avaliação psicológica e investigação social e funcional do candidato. Ao final, haverá o curso de formação profissional. O concurso será válido por dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.

Com informações da Folha Dirigida.

PRF 2014: Publicado edital para Agente Administrativo (nível médio). Remuneração inicial de R$3.689,77.

logo_prf_brasao2

Conforme anunciado na semana passada, foi publicado hoje no Diário Oficial da União (veja aqui), dia 08/4, edital para o concurso para 216 vagas de Agente Administrativo da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A organizadora será a Funcab. As provas serão aplicadas em 25 de maio. Ainda segundo o órgão, o concurso será homologado até 30 de junho, possibilitando a nomeação dos aprovados ainda este ano, conforme a legislação eleitoral. A seleção será voltada para aqueles que possuem o ensino médio completo. A remuneração inicial do cargo de agente administrativo é de R$3.689,77, incluindo o auxílio-alimentação, de R$373.

>> Faça AGORA o melhor curso preparatório da internet para PRF 2014. <<

prf-agente2

comprar-agora

Veja abaixo os conteúdos programáticos exigidos pelo Edital de concurso:

Conhecimentos Básicos

LÍNGUA PORTUGUESA: 1. Compreensão e interpretação de textos. 2. Tipologia textual. 3. Ortografia oficial. 4. Acentuação gráfica. 5. Emprego das classes de palavras. 6. Emprego do sinal indicativo de crase. 7. Sintaxe da oração e do período. 8. Pontuação. 9. Concordâncias nominal e verbal. 10. Regências nominal e verbal. 11. Significação das palavras. 12. Redação de correspondências oficiais:Manual de Redação da Presidência da República.

ÉTICA E CONDUTA PÚBLICA: 1. Ética e moral. 2. Ética, princípios e valores. 3. Ética e democracia: exercício da cidadania. 4. Ética e função pública. 5. Ética no Setor Público. 5.1. Decreto nº 1.171/1994 (Código de Ética Profissional do Serviço Público) e Decreto nº 6.029/2007 (Institui Sistema de Gestão da Ética do Poder Executivo Federal). 5.2. Lei nº 8.112/1990 e alterações – regime disciplinar: deveres e proibições, acumulação de cargos, responsabilidades, penalidades. 5.3. Lei nº 8.429/1992: disposições gerais, atos de improbidade administrativa.

RACIOCÍNIO LÓGICO: 1. Estruturas lógicas. 2. Lógica de argumentação: analogias, inferências, deduções e conclusões. 3. Lógica sentencial (ou proposicional). 3.1. Proposições simples e compostas. 3.2. Tabelas verdade. 3.3. Equivalências. 3.4. Leis de De Morgan. 3.5. Diagramas lógicos. 4. Lógica de primeira ordem. 5. Princípios de contagem e probabilidade. 6. Operações com conjuntos. 7. Raciocínio lógico envolvendo problemas aritméticos, geométricos e matriciais.

Conhecimentos Específicos

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL: 1. Constituição. 1.1. Conceito, classificações, princípios fundamentais. 2. Direitos e garantias fundamentais. 2.1. Direitos e deveres individuais e coletivos, direitos sociais, nacionalidade, cidadania, direitos políticos, partidos políticos. 3. Organização político-administrativa. 3.1. União, estados, Distrito Federal, municípios e territórios. 4. Administração pública. 4.1. Disposições gerais, servidores públicos. 5. Poder Legislativo. 5.1. Congresso nacional, câmara dos deputados, senado federal, deputados e senadores. 6. Poder Executivo. 6.1. Atribuições do Presidente da República e dos ministros de Estado. 7. Poder Judiciário. 7.1. Disposições gerais. 7.2. Órgãos do Poder Judiciário. 7.2.1. Competências. 7.3. Conselho Nacional de Justiça (CNJ). 7.3.1. Composição e competências. 8. Funções essenciais à justiça. 8.1. Ministério público, advocacia e defensoria públicas.

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO: 1. Ato administrativo: conceito, requisitos, atributos, classificação, espécies e invalidação. 1.1. Anulação e revogação. 1.2. Prescrição. 2. Controle da administração pública: controle administrativo, controle legislativo e controle judiciário. 3. Agentes administrativos: investidura e exercício da função pública. 3.1. Direitos e deveres dos servidores públicos. 3.2. Processo administrativo: conceito, princípios, fases e modalidades. 4. Poderes da administração: vinculado, discricionário, hierárquico, disciplinar e regulamentar. 5. Princípios básicos da administração. 5.1. Responsabilidade objetiva da administração. 5.2. Improbidade administrativa. 6. Serviços públicos: conceito, classificação, regulamentação, formas e competência de prestação. 7. Administração direta e indireta, centralizada e descentralizada. 8. Lei nº 8.112/1990 e alterações. 9. Lei nº 8.666/1993, arts. 1º a 6º, 20 a 26, e 54 a 80, e suas alterações. 10. Lei nº 9.784/1999: processo administrativo no âmbito da administração pública federal.

NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO: 1. A evolução da Administração Pública e a reforma do Estado. 1.1. Convergências e diferenças entre a gestão pública e a gestão privada. 1.2. Excelência nos serviços públicos. 1.3. Excelência na gestão dos serviços públicos. 2. Gestão de Pessoas. 2.1. Conceitos e práticas de RH relativas ao servidor público. 2.2. Planejamento estratégico de RH. 2.3. Gestão de desempenho. 2.4. Comportamento, clima e cultura organizacional. 2.5. Gestão por competências e gestão do conhecimento. 2.6. Qualidade de vida no trabalho. 2.7. Características das organizações formais modernas: tipos de estrutura organizacional, natureza, finalidades e critérios de departamentalização. 2.8. Liderança, motivação e satisfação no trabalho. 2.9. Recrutamento e seleção de pessoas. 2.10. Análise e descrição de cargos. 3. Educação, treinamento e desenvolvimento. 3.1. Educação corporativa. 3.1.1. Educação à distância.

NOÇÕES DE ARQUIVOLOGIA: 1. Arquivística: princípios e conceitos. 2. Gestão de documentos. 2.1. Protocolo: recebimento, registro, distribuição, tramitação e expedição de documentos. 2.2. Classificação de documentos de arquivo. 2.3. Arquivamento e ordenação de documentos de arquivo. 2.4. Tabela de temporalidade de documentos de arquivo. 3. Acondicionamento e armazenamento de documentos de arquivo. 4. Preservação e conservação de documentos de arquivo.

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: 1. Conceitos e modos de utilização de aplicativos para edição de textos, planilhas e apresentações. 2. Conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet. 3. Conceitos e modos de utilização de ferramentas e aplicativos de navegação de correio eletrônico, de grupos de discussão, de busca e pesquisa. 4. Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados à Internet e Intranet. 5. Conceitos de tecnologia de informação: sistemas de informações e conceitos básicos de Segurança da Informação.

LEGISLAÇÃO RELATIVA À PRF: 1. Art.144 da Constituição Federal – Perfil constitucional: funções institucionais. 2. Art. 20 da Lei nº 9.503/1997. 3. Decreto nº 1.655/1995. 4. Decreto nº 6.061/2007.

Concursos: Faça AGORA o melhor curso preparatório.

logo

AGORA CONCURSOS INFORMA:

Concurso OFICIAL DE JUSTIÇA TJ/RS - Publicado edital em 7/4. 

NÍVEL MÉDIO. VENCIMENTO: R$ 6.550,86 (entrância final)

Inscrições: www.faurgsconcursos.ufrgs.br de 8/4 a 22/4

PREPARE-SE NO MELHOR CURSO EAD PARA OFICIAL DE JUSTIÇA, POR APENAS R$ 227,00.
Saiba mais AQUI

Outros concursos:

Concurso AGENTE PENITENCIÁRIO DA SUSEPE/RS
Nível superior em qualquer área. 602 vagas iniciais.
Organizadora: FUNDATEC
PREPARE-SE NO MELHOR CURSO EAD PARA AGENTE PENITENCIÁRIO DA SUSEPE/RS, POR APENAS R$ 220,00.
Saiba mais AQUI

Concurso AGENTE E ESCRIVÃO DA POLÍCIA CIVIL/SC
Nível superior em qualquer área. 406 vagas iniciais.
Remuneração INICIAL: R$ 2.798,71.
PREPARE-SE NO MELHOR CURSO EAD PARA AGENTE E ESCRIVÃO DA PC/SC, POR APENAS R$ 241,00.
Saiba mais AQUI

Concursos em andamento:

Concurso ASSISTENTE TÉCNICO-ADMINISTRATIVO DO MINISTÉRIO DA FAZENDA
Nível médio. Centenas de vagas.
Edital publicado em 29/1.
Remuneração: R$ 3.050,82.
PREPARE-SE NO MELHOR CURSO EAD PARA ATA/MF, POR APENAS R$ 225,00.
Saiba mais AQUI

Concurso CORSAN
Cargos de nível médio e superior. Centenas de vagas.
Edital publicado em 7/3.
PREPARE-SE NO MELHOR CURSO EAD PARA A CORSAN, POR APENAS R$ 200,00.
Saiba mais AQUI

 

A EQUIPE AGORA EAD está aqui para auxiliá-lo a alcançar o sucesso!

Att.
Equipe AGORA EAD
www.agoraead.com.br

TJ-RS 2014: Publicado Edital para Oficial de Justiça (nível médio). Remuneração inicial a partir de R$ 5.473,90.

tjrs

Como anunciado, o Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul, através da FAURGS, publicou hoje, dia 07/04, o esperado edital para Oficial de Justiça. O Concurso destina-se ao provimento de 116 (cento e dezesseis) vagas para o cargo de Oficial de Justiça PJ-H e 17 (dezessete) vagas para o cargo de Assistente Social Judiciário PJ-J existentes no Estado.

>> Clique AQUI e veja o Edital publicado. <<

>> Clique AQUI e Faça AGORA o melhor curso para o concurso de Oficial de Justiça do TJ-RS 2014. <<

tj-rs14

comprar-agora

 

Informações sobre o concurso – TJ/RS 2014

  • Vencimentos: O vencimento bruto inicial, de acordo com a entrância, em março/2014, é o que segue:

tj-rs1

  • Inscrições: As inscrições ficarão abertas a partir da zero hora (horário de Brasília) de 08/04/2014 até as 24 horas (horário de Brasília) de 22/04/2014 e deverão ser efetuadas exclusivamente pela internet, nos sítios http://www.tjrs.jus.br e/ou http://www.faurgsconcursos.ufrgs.br.
  • Local de aplicação das provas: As provas serão aplicadas em Alegrete, Caxias do Sul, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre e, se necessário, Região Metropolitana, Santa Maria, Santo Ângelo.
  • Data de aplicação da Prova Escrita Objetiva: 25/05/2014 – Manhã
  • Taxa de Inscrição: - Oficial de Justiça PJ-H R$ 64,00 (sessenta e quatro reais); – Assistente Social Judiciário PJ-J R$ 145,00 (cento e quarenta e cinco reais).
  • Conteúdos das Provas: Para o cargo de Oficial de Justiça PJ-H, a Prova Escrita Objetiva será subdividida em três (3) partes, com 80 (oitenta) questões no total, distribuídas conforme o número de questões, o Tribunal de Justiça RS o número mínimo de acertos em cada parte e todas com caráter eliminatório e classificatório, como segue:
    - Parte 1: 30 (trinta) questões objetivas de Língua Portuguesa, valendo 30 pontos;
    - Parte 2: 40 (quarenta) questões objetivas de Conhecimentos Específicos/Tópicos de Legislação, valendo 40 pontos;
    - Parte 3: 10 (dez) questões objetivas de Microinformática, valendo 10 pontos.

PROGRAMA DAS PROVAS
OFICIAL DE JUSTIÇA PJ-H

PROGRAMA DE LÍNGUA PORTUGUESA
1. Ortografia.
1.1 Sistema oficial (emprego de letras, acentuação, hífen, divisão silábica). Não serão elaboradas questões que envolvam conteúdo sobre o qual haja discordância entre os dois acordos ortográficos atualmente em vigência.
1.2 Relações entre sons e letras, pronúncia e grafia.
2. Morfologia.
2.1 Estrutura e formação de palavras. Famílias de palavras.
2.2 Classes de palavras e suas características morfológicas.
2.3 Flexão nominal: padrões regulares e formas irregulares.
2.4 Flexão verbal: padrões regulares e formas irregulares.
3. Sintaxe.
3.1 A oração e seus termos.
3.1.1 Emprego das classes de palavras.
3.1.2 Sintaxe da ordem.
3.1.3 Regência nominal e verbal.
3.1.4 Crase.
3.1.5 Concordância nominal e verbal.
3.2 O período e sua construção.
3.2.1 Período simples e período composto.
3.2.2 Coordenação: processos, formas e seus sentidos.
3.2.3 Subordinação: processos, formas e seus sentidos.
3.3 Equivalência entre estruturas; transformação de estruturas.
3.4 Discurso direto, indireto e indireto livre.
4. Pontuação: sinais, seus empregos e seus efeitos de sentido.
5. Semântica.
5.1 Significação de palavras e expressões. Relações semânticas entre palavras e expressões (sinonímia, antonímia, hiponímia, homonímia, polissemia); campos semânticos.
5.2 Significação contextual das expressões; significados literais e significados figurados; denotação e conotação das expressões.
5.3 Relações semânticas, lógicas e enunciativas entre frases.
5.4 Valores semânticos das classes de palavras.
5.5 Valores dos tempos, modos e vozes verbais.
5.6 Efeitos de sentido da ordem de expressões na oração e no período.
6. Leitura, análise e interpretação de texto.
6.1 Variedades de linguagem, tipos e gêneros textuais, adequação de linguagem.
6.2 Elementos de sentido do texto: coerência e progressão semântica do texto; relações contextuais entre segmentos de um texto; informações explícitas, inferências válidas, pressupostos e implícitos na leitura do texto.
6.3 Elementos de estruturação do texto: recursos de coesão; função referencial de pronomes; uso de nexos para estabelecer relações entre segmentos do texto; segmentação do texto em parágrafos e sua organização temática.
6.4 Interpretação do texto: identificação do sentido global de um texto; identificação de seus principais tópicos e de suas relações (estrutura argumentativa); síntese do texto; adaptação e reestruturação do texto para novos fins retóricos.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS E TÓPICOS DE LEGISLAÇÃO
PROGRAMA DE DIREITO CONSTITUCIONAL
- Constituição Federal
Dos direitos e deveres individuais e coletivos: art. 5.º;
Dos direitos sociais: arts. 6.º a 11;
Da administração pública: arts. 37 a 43;
Do Poder Judiciário: arts. 92 a 126;
Das funções essenciais à Justiça: arts. 127 a 135.
- Constituição Estadual
Da administração pública: Dos servidores públicos civis: arts. 29 a 45;
Do Poder Judiciário: arts. 91 a 106;
Das funções essenciais à Justiça: arts. 107 a 123.

PROGRAMA DE DIREITO CIVIL E PROCESSUAL CIVIL
- Código Civil Brasileiro
Das pessoas naturais: arts. 1.º a 21;
Das pessoas jurídicas: arts. 40 a 69;
Do domicílio: arts. 70 a 78;
Dos bens: arts. 79 a 103;
Dos atos lícitos e ilícitos: arts. 185 a 188;
Da prescrição e decadência: arts. 189 a 211;
Da prova: arts. 212 a 232;
Do mandato: arts. 653 a 692;
Da posse: arts. 1.196 a 1.224;
Das servidões: arts. 1.378 a 1.389;
Da tutela e curatela: arts. 1.728 a 1.783.

- Código de Processo Civil
Da ação: arts. 3.º e 6.º;
Das partes e dos procuradores: arts. 7.º a 15;
Do serventuário e do oficial de justiça: arts. 140 a 144;
Dos atos processuais: arts. 154 a 176;
Dos prazos processuais: arts. 177 a 192;
Das comunicações dos atos: arts. 200 a 242;
Das nulidades: arts. 243 a 250.
Da formação, da suspensão e da extinção do processo: arts. 262 a 269;
Do processo e do procedimento: arts. 270 a 281;
Do procedimento ordinário: arts. 282 a 475-R;
Do processo de execução: arts. 566 a 579, 646 a 735;
Das medidas cautelares: arts. 796 a 812;
Procedimentos cautelares específicos: arts. 813 a 889;
Procedimentos especiais: arts. 890 a 900 (consignação em pagamento);
arts. 901 a 906 (depósito);
arts. 914 a 919 (prestação de contas);
arts. 920 a 933 (possessórias);
arts. 934 a 940 (nunciação de obra nova);
arts. 941 a 945 (usucapião).
- Lei n.° 9.099/95 (Lei dos Juizados Especiais Cíve is e Criminais), Capítulo I (Disposições Gerais), Capítulo II (Dos Juizados Especiais Cíveis) e Capítulo IV (Disposições Finais Comuns).
- Lei n.º 12.153/2009 (Lei dos Juizados Especiais da Fazenda Pública).
- Lei n.º 8.069/91 (Estatuto da Criança e do Adolescente): arts. 2.º, 98 a 111, 131 e 132, 141 a 144.
- Lei n.º 8.245/91 (Lei do Inquilinato): arts. 2.º, 4.º a 6.º, 9.º a 13, 35 e 36, 58 a 66.

PROGRAMA DE DIREITO PENAL E PROCESSUAL PENAL
- Código Penal
Dos crimes praticados por funcionários públicos contra a administração: arts. 312 a 314, 316 e 317, 319 a 325, 327.
- Código de Processo Penal
Das citações e intimações: arts. 351 a 372;
Do processo comum: arts. 394 a 405;
Do procedimento relativo aos processos da competência do Tribunal do Júri: arts. 406 a 435 e  453 a 481.
- Lei n.° 9.099/95 (Lei dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais), Capítulo I (Disposições Gerais), Capítulo III (Dos Juizados Especiais Criminais) e Capítulo IV (Disposições Finais Comuns).
- Lei n.º 11.340/06 (Lei Maria da Penha).
- Lei n.º 11.343/06 (Lei de Tóxicos): arts. 54 a 59.

PROGRAMA DE LEGISLAÇÃO ADMINISTRATIVA
- Código de Organização Judiciária do Estado
Noções gerais de organização judiciária: arts. 99 a 102, 106 a 124, 150 e 157, 170 a 184.
- Consolidação Normativa Judicial (atualizada até o provimento n.º 06/14-CGJ)
Dos impedimentos e incompatibilidades: arts. 115 e 116;
Das funções e atribuições dos servidores: arts. 229 a 232, 235 a 242, 244 a 254;
Da central de mandados: arts. 288 a 291;
Do registro de mandados: arts. 337 e 338;
Do expediente: arts. 371 a 379;
Das audiências: arts. 380 a 394;
Da distribuição: arts. 395 a 414, 430 a 444;
Do preparo: art. 490;
Das despesas de condução do Oficial de Justiça: arts. 500 a 506;
Dos Cartórios Cíveis: arts. 527 a 617;
Dos Cartórios Cíveis: arts. 536, 545 a 553, 564 a 566, 575, 579 a 621;
Dos editais: arts. 631 a 637;
Das alienações judiciais: arts. 641 a 647-A;
Dos processos com tramitação preferencial: arts. 662 a 666-A;
De outras diligências cíveis: arts. 667 a 669-C;
Dos Cartórios Criminais: arts. 670 a 749;
Dos Cartórios Criminais arts. 686, 695, 699 a 701, 704, 708 a 721;
Das precatórias: arts. 764 a 780-A;
Das disposições comuns aos cartórios judiciais: arts. 782 a 785;
Dos Juizados Especiais: arts. 901 a 904, 909 a 924;
Do encaminhamento de adolescente infrator e do processo de execução de medida  socioeducativa: arts. 953 e 954;
Do mandado de busca e apreensão: arts. 955 e 956.
- Lei Complementar Estadual nº 10.098/94 (Regime Jurídico Único dos Servidores Civis do Estado do RS): arts. 10, 16, 18, 22 a 27, 62 a 66, 67 a 77, 85 a 157, 167 a 176, 177 a 178, 183 a  197.

PROGRAMA DE MICROINFORMÁTICA
- Conceitos básicos de Certificação Digital
– Sistema Operacional: Microsoft Windows 7 Professional (32 e 64-bits) operações com arquivos; configurações; segurança e proteção.
- Processador de Textos: LibreOffice Writer 3.3 ou superior Formatações; recursos básicos.
- Planilha Eletrônica: LibreOffice Calc 3.3 ou superior recursos básicos; formatação de planilhas; funções; operações com células.
- Programa de Acesso a Correio Eletrônico: Microsoft Outlook Web App do Exchange Server 2010; recursos básicos do programa; seleção de destinatários; anexos.
- Navegador de Internet: Microsoft Internet Explorer 9 ou superior (32-bits) recursos básicos de navegação; segurança e proteção de navegação; ferramentas de busca.

 

Concursos com inscrições abertas reúnem 23.250 vagas em todo o país

banner-conc2

Há cargos para todos os níveis de escolaridade.

Pelo menos 148 concursos públicos no país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (7/4) e reúnem 23.250 vagas para cargos em todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 23,9 mil no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, no Rio Grande do Sul.

>> Clique AQUI e veja a lista completa com Editais e links para inscrições. <<

Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.

Os órgãos que abrem inscrições para 947 vagas são os seguintes: Câmara Municipal de Campinas (SP), Câmara Municipal de Itapecerica da Serra (SP), Câmara Municipal do Rio de Janeiro, Marinha, Nuclebrás Equipamentos Pesados S/A (Nuclep), Prefeitura de Alfenas (MG), Prefeitura de Cabaceiras (PB), Prefeitura de Canarana (MT), Prefeitura de Castilho (SP), Prefeitura de Erechim (RS), Prefeitura de Itaobim (MG), Prefeitura de Pedra Lavada (PB), Prefeitura de Uarini (AM), Serviço Autônomo de de Água e Esgoto de Caeté (MG) e Tribunal Regional Federal da 4ª Região, no Rio Grande do Sul.

 

PRF 2014: Edital na próxima semana para 216 vagas de Agente Administrativo (nível médio). Remuneração inicial de R$3.689,77.

logo_prf_brasao2

Chegou ao fim a expectativa pela definição da organizadora do concurso para 216 vagas de Agente Administrativo da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Nesta sexta-feira, dia 4/4, foi publicado no Diário Oficial da União o extrato de dispensa de licitação, que aponta a escolha da Funcab como organizadora do processo seletivo. No fim da tarde, a PRF anunciou, por meio de seu perfil em uma rede social, que o edital será divulgado até a próxima terça, dia 8, com as provas sendo aplicadas em 45 dias (provavelmente, em 25 de maio). Ainda segundo o órgão, o concurso será homologado até 30 de junho, possibilitando a nomeação dos aprovados ainda este ano, conforme a legislação eleitoral. A seleção será voltada para aqueles que possuem o ensino médio completo. A remuneração inicial do cargo de agente administrativo é de R$3.689,77, incluindo o auxílio-alimentação, de R$373.

Além disso, as contratações são pelo regime estatutário, que dá direito à estabilidade. A carga de trabalho é de 40 horas semanais. Como já informou a chefe da comissão do concurso, Geovana Alves, as vagas da seleção deverão ser distribuídas pela maioria das unidades da federação. A seleção será composta por provas objetivas e investigação social e/ou funcional. A intenção da PRF é aplicar as provas em todas as capitais. No primeiro concurso realizado para a área de apoio da PRF, em 2012, as provas de agente administrativo versaram sobre Língua Portuguesa, Ética e Conduta Pública, Legislação Relativa à PRF, Noções de Informática, de Matemática, de Direito Constitucional, de Direito Administrativo e de Estatística. Já foi informado, porém, que o programa do cargo deverá sofrer algumas alterações. Não foi antecipado se haverá inclusão ou exclusão de disciplinas.

>> Faça AGORA o melhor curso preparatório pela internet. <<

logo

Pelo tempo restante, era pouco provável que a PRF conseguisse homologar o concurso até 5 de julho (daqui a três meses), para que os aprovados possam ser nomeados ainda este ano, como determina a legislação eleitoral, tendo em vista a necessidade de observar um intervalo mínimo de 60 dias entre a divulgação do edital e a aplicação das provas. Porém, conforme o que foi anunciado nesta sexta, o órgão conseguiu reduzir esse intervalo mínimo para 45 dias. Em 2012, a Polícia Federal (PF) também conseguiu a redução do prazo no concurso para o cargo de agente, tendo sindo necessária a autorização do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. A seleção da PRF visa à substituição de terceirizados irregulares, que, segundo o chefe de Recursos Humanos do departamento, inspetor Adriano Furtado, permanecem no departamento por força de um aditivo ao acordo entre a União e o Ministério Público do Trabalho.

Com sede em Niterói, a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab) trabalha na promoção de cursos, concursos, seminários, palestras, eventos esportivos, culturais, artísticos e de entretenimento, bem como na elaboração de material técnico-pedagógico. O anúncio da escolha desta organizadora pegou de surpresa muitos dos interessados em participar da próxima seleção da PRF. A expectativa era que fosse contratado o Cespe/UnB, que realizou o concurso anterior para a área administrativa do departamento e está à frente da seleção em andamento para policial rodoviário federal. Atualmente, a Funcab realiza os concursos da Câmara Municipal de Vitória (ES), da Polícia Civil de Rondônia, e da prefeitura de Boa Vista (RR). De seu histórico, consta a realização de certames das polícias militares do Espírito Santo e do Ceará, além de soldados dos Bombeiros de Mato Grosso, entre outros.

Com informações da Folha Dirigida.

INSS 2014: 1500 vagas para Técnico do Seguro Social (nível médio). Remuneração inicial de R$4.400,87.

inssLOGO

Notícia quente sobre um dos concursos mais disputados no Brasil. Vinculado ao Ministério da Previdência Social, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deverá receber autorização para a realização de um novo concurso ainda este ano. Segundo fontes, a autarquia solicitou ao Ministério do Planejamento a contratação de 3.080 novos servidores, sendo 2 mil técnicos e 1.080 peritos médicos previdenciários, mas o deputado Amauri Teixeira (PT/BA), que se reuniu com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, em conjunto com os deputados André Figueiredo (PDT/CE) e Roberto Santiago (PSD/SP), alega que o aval somente será dado para a carreira de nível médio. A oferta deverá ser de 1.500 vagas, já de acordo com o deputado do PSD paulista.

Até o momento, o Ministério do Planejamento não se manifestou sobre as informações dadas pelos deputados. A audiência com a ministra ocorreu no último dia 1º de abril. No encontro, também se discutiu a convocação dos excedentes concurso de 2011 do INSS  e o adicional de fronteiras, para as carreiras que atuam nessas regiões. O cargo de técnico exige o nível médio e tem remuneração de R$4.400,87 (já contando com a gratificação de atividade Executiva e de desempenho de atividades do Seguro Social – 80 pontos). Já a função de perito médico requer graduação em Medicina e inscrição no Conselho Regional de classe. Os rendimentos são de R$10.056,80 (considerando 80 pontos de gratificação de desempenho de atividade de Perícia Médica Previdenciária). Em ambos os casos, aos valores estão acrescidos R$304 de auxílio-alimentação.

Quem pretende concorrer a uma vaga de técnico do seguro social não pode perder tempo e deve iniciar desde de já a preparação. 

>> Faça AGORA o melhor curso preparatório para o INSS da internet. <<

inss-tecnicocomprar-agora

No último concurso para as carreiras, realizado em 2011, os técnicos resolveram 60 questões objetivas, sendo 20 sobre Conhecimentos Gerais (Ética no Serviço Público, Regime Jurídico Único, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Noções de Informática) e 40 sobre Conhecimentos Específicos. Para os médicos, foram cobradas 80 questões – 30 sobre, agrupando as disciplinas de Português, Ética no Serviço Público, Noções de Direito Constitucional e Noções de Direito Administrativo, e 50 específicas. A aprovação esteve condicionada à obtenção de, pelo menos, 30% de acertos em Conhecimentos Gerais, 30% em Conhecimentos Específicos e de 40% do total de pontos da prova. Os peritos aprovados nessa etapa passaram por uma avaliação de títulos. A organização coube à Fundação Carlos Chagas (FCC).

 Informações do último concurso para TÉCNICO DO SEGURO SOCIAL – INSS

  • Programa – Conteúdos Programáticos:

CONHECIMENTOS GERAIS

ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal: Decreto n.º 1.171/94 e Decreto 6.029/07.

REGIME JURÍDICO ÚNICO: Lei 8.112/90 e alterações posteriores, direitos e deveres do Servidor Público. O servidor público como agente de desenvolvimento social; Saúde e Qualidade de Vida no Serviço Público.

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL: 1 Direitos e deveres fundamentais: direitos e deveres individuais e coletivos; direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade; direitos sociais; nacionalidade; cidadania; garantias constitucionais individuais; garantias dos direitos coletivos, sociais e políticos. 2 Da Administração Pública (artigos de 37 a 41, capítulo VII, Constituição Federal).

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO: 1 Estado, governo e administração pública: conceitos, elementos, poderes e organização; natureza, fins e princípios. 2 Direito Administrativo: conceito, fontes e princípios. 3 Organização administrativa da União; administração direta e indireta. 4 Agentes públicos: espécies e classificação; poderes, deveres e prerrogativas; cargo, emprego e função públicos; regime jurídico único: provimento, vacância, remoção, redistribuição e substituição; direitos e vantagens; regime disciplinar; responsabilidade civil, criminal e administrativa. 5 Poderes administrativos: poder hierárquico; poder disciplinar; poder regulamentar; poder de polícia; uso e abuso do poder. 6 Ato administrativo: validade, eficácia; atributos; extinção, desfazimento e sanatória; classificação, espécies e exteriorização; vinculação e discricionariedade. 7 Serviços Públicos; conceito, classificação, regulamentação e controle; forma, meios e requisitos; delegação: concessão, permissão, autorização. 8 Controle e responsabilização da administração: controle administrativo; controle judicial; controle legislativo; responsabilidade civil do Estado. Lei nº. 8.429/92 e alterações posteriores (dispõe sobre as sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função da administração pública direta, indireta ou fundacional e dá outras providências). 9 Lei n°9.784/99 e alterações posteriores (Lei do Processo Administrativo).

LÍNGUA PORTUGUESA:
1 Compreensão e interpretação de textos. 2 Tipologia textual. 3 Ortografia oficial. 4 Acentuação gráfica. 5 Emprego das classes de palavras. 6 Emprego do sinal indicativo de crase. 7 Sintaxe da oração e do período. 8 Pontuação. 9 Concordância nominal e verbal. 10 Regências nominal e verbal. 11 Significação das palavras. 12 Redação de correspondências oficiais.

RACIOCÍNIO LÓGICO: 1 Conceitos básicos de raciocínio lógico: proposições; valores lógicos das proposições; sentenças abertas; número de linhas da tabela verdade; conectivos; proposições simples; proposições compostas. 2 Tautologia. 3 Operação com conjuntos. 4 Cálculos com porcentagens.

NOÇÕES DE INFORMÁTICA
: 1 Conceitos de Internet e intranet. 2 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados à Internet e à intranet. 3 Conceitos e modos de utilização de ferramentas e aplicativos de navegação, de correio eletrônico, de grupos de discussão, de busca e pesquisa. 4 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática. 5 Conceitos e modos de utilização de aplicativos para edição de textos, planilhas e apresentações. 6 Conceitos e modos de utilização de sistemas operacionais Windows e Linux.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1 Seguridade Social. 1.1 Origem e evolução legislativa no Brasil. 1.2 Conceituação. 1.3 Organização e princípios constitucionais. 2 Legislação Previdenciária. 2.1 Conteúdo, fontes, autonomia. 2.3 Aplicação das normas previdenciárias. 2.3.1 Vigência, hierarquia, interpretação e integração. 3 Regime Geral de Previdência Social. 3.1 Segurados obrigatórios, 3.2 Filiação e inscrição. 3.3 Conceito, características e abrangência: empregado, empregado doméstico, contribuinte individual, trabalhador avulso e segurado especial. 3.4 Segurado facultativo: conceito, características, filiação e inscrição. 3.5 Trabalhadores excluídos do Regime Geral. 4 Empresa e empregador doméstico: conceito previdenciário. 5 Financiamento da Seguridade Social. 5.1 Receitas da União. 5.2 Receitas das contribuições sociais: dos segurados, das empresas, do empregador doméstico, do produtor rural, do clube de futebol profissional, sobre a receita de concursos de prognósticos, receitas de outras fontes. 5.3 Salário-de-contribuição. 5.3.1 Conceito. 5.3.2 Parcelas integrantes e parcelas não-integrantes. 5.3.3 Limites mínimo e máximo. 5.3.4 Proporcionalidade. 5.3.5 Reajustamento. 5.4 Arrecadação e recolhimento das contribuições destinadas à seguridade social. 5.4.1 Competência do INSS e da Secretaria da Receita Federal do Brasil. 5.4.2 Obrigações da empresa e demais contribuintes. 5.4.3 Prazo de recolhimento. 5.4.4 Recolhimento fora do prazo: juros, multa e atualização monetária. 6 Decadência e prescrição. 7 Crimes contra a seguridade social. 8 Recurso das decisões administrativas. 9 Plano de Benefícios da Previdência Social: beneficiários, espécies de prestações, benefícios, disposições gerais e específicas, períodos de carência, salário-de-benefício, renda mensal do benefício, reajustamento do valor dos benefícios. 10 Manutenção, perda e restabelecimento da qualidade de segurado. 11 Lei n.° 8.212, de 24/07/1991 e alterações posteriores. 12 Lei n.º 8.213, de 24/07/1991 e alterações posteriores. 13 Decreto n.° 3.048, de 06/05/1999  e alterações posteriores; 14 Lei de Assistência Social – LOAS: conteúdo; fontes e autonomia (Lei n° 8.742/93 e alterações posteriores; Decreto nº. 6.214/07 e alterações posteriores).

Com informações da Folha Dirigida.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 7.094 outros seguidores